Página inicial | Livre de PFC's: qual a importância para a indústria a têxtil?

Livre de PFC's: qual a importância para a indústria a têxtil?

Um dos grandes desafios da indústria têxtil na produção de tecidos hidrorrepelentes é encontrar soluções no mercado que sejam livres de compostos perfluorados PFC’s ou fluorcarbono.

Produtos voltados para workwear como uniformes e vestimentas especiais, casual como jaquetas e calçados, além de #esprotes em roupas fitness, calçados hidrorepelentes são extremamente desejados e demandam por novas tecnologias e que sejam cada vez mais sustentáveis.

Leia mais em: Antimicrobianos para calçados: Como tirar o odor de sapatos e meias?

Mas o que são PFC’s?

A sigla PFC significa produtos químicos perfluorados ou produtos químicos polifluorados. Outro termo mais comum é o de “fluorcarbonetos”. 

Resumidamente, PFC é uma família de compostos químicos sintéticos feitos de carbono e flúor, nos quais todos os átomos de hidrogênio foram substituídos por átomos de flúor.

Essa substituição torna esses compostos altamente estáveis e resistentes à degradação química, além de apresentarem propriedades repelentes à água e óleo.

Os fluorcarbonos são produzidos e usados em uma ampla gama de produtos de consumo, desde utensílios de cozinha até roupas repelentes à água.

Alguns exemplos de PFCs incluem o tetrafluorometano (CF4), hexafluoreto de enxofre (SF6) e PFO (Perfluorooctano).

Porém, estudos comprovaram que os PFC's são persistentes no ambiente, o que significa que eles não se degradam facilmente e podem permanecer no meio ambiente por longos períodos.

livre de fluorcarbono_tns nano

Leia mais em: 10 Fatos sobre tecidos inteligentes para a indústria têxtil

 

Por que NÃO utilizar PFC na indústria têxtil?

Na indústria têxtil em específico, sabemos que há uma busca constante por parte dos consumidores, por têxteis capazes de repelir líquidos e manchas, podendo ser repelentes e muito mais fáceis de mantê-losslimpar.

Os PFC’s têm as propriedades ideais para tornar estes têxteis hidrorepelentes, porém paga-se um preço altíssimo ao utilizar estas substâncias na indústria têxtil.

Vamos explicar o porquê.

 

Por que os PFC’s são perigosos?

Um ponto muito importante é saber que existem diferentes tipos de PFCs. 

Os compostos fluorcarbonos podem ter cadeia longa, ou seja, têm mais átomos de carbono e são incrivelmente persistentes no meio ambiente e existem também os fluorcarbonos de cadeia curta.

pesquisas  sobre os efeitos dos PFCs na saúde humana, nos animais e no meio ambiente. 

Uma das mais conhecidas é a extensa pesquisa realizada pelo Greenpeace há quase uma década, chamada Footprints in the Snow.

Foram encontrados fluorcarbonos em amostras coletadas em todo o mundo e concluiu-se que os PFCs de cadeia curta não deveriam substituir os PFCs de cadeia longa.  Ambos precisam ser banidos!

Outros estudos científicos continuam analisando se os PFCs afetam diretamente a saúde humana. 

Embora evidências conclusivas ainda não tenham surgido, há vários indícios que ligam os PFCs a problemas de saúde humana, como respostas imunológicas reduzidas, TDAH, fertilidade e câncer.

Os PFCs são disruptores endócrinos, potencialmente perigosos para a saúde, mesmo em pequenas quantidades. 

Persistentes no meio ambiente, eles podem se transferir para a cadeia alimentar. E compostos perfluorados e polifluorados não se degradam ou se degradam com grande dificuldade.

Leia mais em: Nanopartículas funcionais e saúde

 

E existe hidrorreplente livre de PFC’s?

A resposta é sim, existe.

Muitos estudos e pesquisas são feitas a fim de conseguir alguma substância com as mesmas propriedades, porém que sejam livres de PFCs e fluorcarbono.

Pensando na necessidade da indústria, a TNS Nano lançou em 2022, o aditivo hidrorrepelente DryGuard, livre de fluorcarbono e silicone.

 

 

Aí, surge uma dúvida: E a performance é a mesma?

Sim, DryGuard é altamente eficaz para repelir a água de tecidos como poliéster.

Desenvolvido à base de compostos orgânicos não-halogenados com a funcionalidade de hidrorrepelência para aplicações em diversos artigos têxteis e com diversos benefícios:

>  Produtos desenvolvidos com tecnologia de ponta;

Compatível e estável em diversas formulações;Alta eficácia em baixas percentuais de aplicação;

 

> Biocompatível e biodegradável;

> Livre de fluorcarbono e silicones.

Tudo isso em conformidade com as normas internacionais vigentes.

O Dryguard é aprovado na norma AATCC 22.

Destaque- se no mercado têxtil e calçadista com soluções inovadoras e sustentáveis.

Leia mais em:  DryGuard Aditivo hidrorrepelente livre de fluorcarbono

Gostou do post? 

Então deixe seu comentário e não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais!

Acesse mais conteúdos exclusivos inscrevendo-se no nosso canal do YouTube, acompanhando nosso blog e seguindo a TNS Nano no LinkedIn, Facebook e Instagram.

Vivian Sakihara
Autora
planta

Fale com nossos especialistas e saiba como juntos podemos inovar seu negócio.

Fale com Especialista

Artigos Relacionados

"Com espumas antimicrobianas aplicadas em calçados, se prolonga o t...
Bem-vindo a uma jornada intrigante no coração da moda e da ciência,...
Na indústria têxtil, o equilíbrio entre moda e segurança é uma busc...
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram